às 15:45:00

Artigo publicado por discentes e docentes do ITPAC Porto Nacional

Prevalência de sífilis adquirida no município de Porto Nacional-TO no período de 2015 a 2018

Em momento oportuno, onde no mês que se passou (Outubro) faz alusão à prevenção da Sífilis com o tema Outubro Lilás. O artigo foi publicado na edição de outubro e teve como tema: Prevalência de Sífilis Adquirida no Município de Porto Nacional – TO no período de 2015 a 2018, ao qual foi publicado na Revista Saúde Coletiva.

O estudo descreveu os coeficientes epidemiológicos do Município de Porto Nacional – TO sobre a Sífilis Adquirida e vem como forma de despertar a qualidade da assistência como meio de promoção de saúde, reforçar a importância do processo de preenchimento das fichas de notificações, bem como, seus impactos causados através de dados fornecidos e avaliações realizadas pelos profissionais.

"Gratidão é a palavra para descrever o sentimento maravilhoso de contribuir com o avanço da ciência, de poder proporcionar estratégias que transformam a vida de muitas pessoas”. Fernanda Sulino Ribeiro Torres - Egressa do curso de enfermagem e Enfermeira.

AUTORAS

  • Millena Souza Moreira
    Enfermeira. Egressa do curso de enfermagem da Faculdade Presidente Antônio Carlos. FAPAC/ITPAC Porto Nacional - TO.
  • Fernanda Sulino Ribeiro Torres 
    Enfermeira. Egressa do curso de enfermagem da Faculdade Presidente Antônio Carlos. FAPAC/ITPAC Porto Nacional - TO.
  • Grazielly Mendes de Sousa
    Enfermeira. Mestre em Ciências pelo Instituto de pesquisas energéticas e nucleares da Universidade de São Paulo - IPEN/ USP e docente do Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos.
  • Jackelinne Alves de Farias
    Enfermeira. Especialista em enfermagem do trabalho. Cursando especialização em inovação, gestão de práticas docentes no ensino superior. Enfermeira assistencialista no hospital regional de Porto nacional e docente no Instituto Tocantinense Presi­dente Antônio Carlos.
  • Juliete Gomes da Silva 
    Graduada em enfermagem e acadêmica do curso de medicina - Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos.

Clique aqui e confira o artigo


Fonte: